quinta-feira, 11 de julho de 2013

ESPIONAGEM E CONTRAESPIONAGEM

Muita firula do governo federal quanto à espionagem dos EUA. Então vou expor de forma bem didática o que penso sobre o assunto:

Primeiro, fazem isso desde a Segunda Guerra Mundial, coisa que contribuiu fortemente para a vitória dos Aliados. E não somente eles como a extinta KGB (hoje FSB, Serviço Secreto Russo) e a própria Operação Condor dos anos de 1970, da qual o Brasil participou. Enfim, vem de longe.

Segundo, temos a Abin que faz contraespionagem e nossos agentes não são bobos pelo que conversei com um coronel e um agente dessa agência. Para dar suporte temos a Unicamp, umas das melhores em tecnologia digital do mundo. Ou você acha que o Brasil é cordeirinho nisso?

Terceiro, a China mostrou ao mundo, há uns anos, que faz espionagem eletrônica, e faz muito bem. Ou seja, o alerta estava dado. Não há como se dizer ''surpreso'' com isso.

Quarto, precisam fazer e precisamos fazer, pois trata-se de segurança nacional deles e nossa. Não adianta berrar. Tem que aprender a lidar com isso, já que é um pacote fechado, com um lado bom (monitora e investigar a criminalidade) e um lado ruim (os excessos de quem examina as informações).

Quanto aos direitos civis. Bem, basta andar na linha...

Um comentário:

  1. Essa é a lei dos mais fortes: aos mais fracos, só resta fazer o que os cachorrinhos fazem quando veem um cachorrão: latem au, au, au, mas não se metem!

    ResponderExcluir