sábado, 1 de fevereiro de 2014

O ECA E O VOTO

É recorrente a relação entre menores infratores, criminosos para ser mais realista, com o voto aos 16 anos. Comenta-se como ares de verdade profunda: "Não pode ir pra cadeia, mas pode escolher um presidente". Bobagem, tolice pura.

Um garoto que rouba ou mata vai perder tempo numa fila, num domingo, pra votar? É evidente que não. Tenho como certo que essa gurizada, a parte boa, com algumas poucas exceções, não está nem um pouco interessada nisso. Se adultos reclamam da obrigatoriedade da ida à seção de votação vamos considerar que voto de adolescente seja algo que o valha?

Novamente me deparo com clichês burros que permeiam as mentes rasas de nossa sociedade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário