sexta-feira, 3 de maio de 2013

PADRE SIM. LÍDER... TALVEZ

A postagem do Padre Antonio Junior no Facebook, na qual me repreendia, resultou em várias manifestações de seus seguidores contra mim pelo episódios dos carros na praça Nereu Ramos. Se o fez em seu mural é porque queria ser lido. Do contrário o faria inbox com o devido pedido de sigilo. Feito em público, assim como as minhas manifestações, está sujeito às mais diversas opiniões.

Errei na frase que ele teria dito durante a missa. Contudo, o caso revelou a postura do líder. Pedi desculpas por equívoco, coisa que não foi capaz de mencionar, não no conteúdo como você pode conferir AQUI.

As expressões foram conceituais a meu respeito em seu mural, de pessoas que sequer conheço, sem que ele as tenha admoestado. Disseram, entre outras coisas, que sou ''um nada'' e tenho ''coração de pedra''. Ou seja, os preceitos cristãos são interessantes conforme a conveniência. E viva a liberdade de expressão. Liberdade que usaram e que uso agora. Sem reprimendas neste particular.

Por outro lado, foram muitos os que o defenderam por ser pessoa correta, ter um bom coração etc. Ora, não há uma única letra de minha parte atentando contra sua moral porque não o conheço para tanto. Só que a minha moral parece não ter importância.

Enfim, este padre demonstrou claramente ser um fraco, que joga para a torcida, que quer posar de bonzinho diante de seu séquito. Líder é aquele que chama à razão, mesmo que desagrade à maioria. Não posso, não tenho o direito, de solicitar que diga isso ou aquilo, mas posso me insurgir contra o que diz ou contra sua omissão, que é o caso.

Nenhum comentário:

Postar um comentário