terça-feira, 20 de outubro de 2015

TESTEMUNHO DE MÃE VÍTIMA DE ESTUPRO

O texto que segue recebi por mensagem no Facebook de uma amiga. Conheço-a pessoalmente e é uma dessas mulheres fascinantes, pela qual tenho e nutro profunda admiração.

Eu podia ter abortado. O médico me falou isso. Mas eu não fiquei pensando no que aconteceu. Tinha dentro de mim uma criança e aquilo anulou o ato. A possibilidade do aborto, não era uma possibilidade para mim.
Esse é o meu jeito, o meu sentimento.
Não posso sair me livrando das coisas que acontecem comigo como se o aborto fosse eliminar da minha história o estupro. Porque não ía. Para mim esta não era a forma de resolver o problema.
Hoje o meu filho (11 anos) é a razão pela qual eu vivo. Nem consigo lembrar de como aconteceu porque foram tantos momentos preciosos com ele.
Hoje o meu filho (11 anos) é a razão pela qual eu vivo. Nem consigo lembrar de como aconteceu porque foram tantos momentos preciosos com ele.
Escolhi amar do que odiar... Foi uma escolha minha e outras mulheres não escolhem isso. Sabe, se for para elas nao abortarem e terem essa criança e jogar na cara dela o que aconteceu, criar uma criança frustrada, se não ama-la, que abortem. Que essas mães nunca tenham filhos, nem por estupro ou por relacionamento algum porque mãe ama seu filho mediante qualquer situação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário