quarta-feira, 17 de junho de 2015

POLITEÍSMO - POSSÍVEIS ORIGENS

Estive pensando no porquê de surgir o politeísmo e ainda hoje manter-se em algumas culturas. Porém, devo lembrá-los que Deus é uma expressão cultural, porquanto houvesse uma manifestação Dele seria a todos, de igual forma, em todos os tempos e lugares. Coisa que jamais existiu. A única semelhança entre as várias correntes é ver pela criação que há um criador. Nem mais nem menos.

Poseidon, na mitologia grega, é o deus dos mares.

Vamos ao que observei analisei.

Na antiguidade a única fonte que fazia pensar na existência de uma divindade era a natureza e seus fenômenos. Isso fica claro no politeísmo, pois cada deus tinha a sua relação com aspectos da natureza, sol, vento, mar etc.

Assim, o homem, ao observar o constante conflito entre os elementos, como uma inundação sobre a terra, por exemplo, suponha que os deuses estariam em briga. Ora, por que atribuir a um deus cada elemento ou parte da Terra? Justamente por conta de sua força e vontade própria aos olhos desses mesmos homens. Não havia quaisquer informações sobre as leis da Natureza e do porquê do vento ventar.

Além disso, ou principalmente, por causa da colheita, principal fonte de subsistência, estar sujeita às condições do clima o homem supôs haver conflitos de interesse entre a água, o ar e a terra.

É o que me parece.

Nenhum comentário:

Postar um comentário