terça-feira, 10 de junho de 2014

CASA LONDRES FECHA AS PORTAS

UM ÍCONE A MENOS

Em comunicado na capa do Jornal da Manhã desta terça, a empresária Cinéia Rocha anuncia o fechamento da Casa Londres, fundada em 1966.

O lacre representa o fim de mais um ícone do comércio na cidade. Foram-se muitos só ali no Centro nesses últimos anos. Casa Nova, Café São Paulo, Radiolândia, alguns deles.

O casarão que abrigou o estabelecimento por quase meio século há muito integra o patrimônio histórico de Criciúma. A Casa Londres, em breve, parte do passado de um cenário em franca transformação.

À Cinéia e familiares, contudo, fica o reconhecimento público à construção desse marco na economia local. Um exemplo de dedicação que honra o espírito empreendedor do "Seu" Joquinha, ausente há dois anos, sempre presente nas nossas memórias.

Texto do jornalista Nei Manique.

Ainda mais antiga e que permanece firme, a Loja Santo Antonio segue nas mãos da empresária Mariangela Frassetto Góes, nora do fundador Antonio Caldeira Goes, em 1943.

Nenhum comentário:

Postar um comentário