quarta-feira, 16 de abril de 2014

MIGUEL MASTELLA SE COMPLICA NA CPI

Exame grafotécnico solicitado pela CPI das Bolsas da Unesc, partindo dos recibos de pagamentos feitos pela universidade, que até hoje estariam em suspeita, se confirmaram: contém a caligrafia de Miguel Ângelo Mastella, ex-secretário do Sistema Econômico da Prefeitura de Criciúma e ex-professor da Unesc. Seguem fotos do laudo:



Além disso, diante de documentos de bens em nome de Mastella, requeridos pela comissão, foi constatado a compra de veículo em maio de 2012 e quitado em outubro do mesmo ano, parte do período investigado. Os desvios foram feitos através de 11 cheques, em oito recibos nas seguintes datas:

  • 8 de maio de 2012
  • 12 de maio de 2012
  • 31 de julho de 2012
  • 26 de outubro de 2012
  • 14 de novembro de 2012
  • 30 de janeiro de 2013
  • 20 de fevereiro de 2013
  • 15 de março de 2013

Mastella negou em depoimento qualquer relação com os desvios. Por conta disso foi requerido exame grafotécnico, sugerido pelo vereador José Carlos Mello. Contudo, foi inconclusivo com a ressalva que ele demorou demais no exame e pressionou a caneta de forma que a perita do Instituto Geral de Perícias (IGP) deixou claro no laudo que sua atitude era absolutamente suspeita. Sendo assim, um novo laudo foi requerido, desta vez baseado nos Diários de Classe da Unesc, anteriores aos acontecimentos. As fotos são claras e demonstraram que a caligrafia nos recibos são do suspeito.

Quanto aos bens imóveis a presidente da CPI, Camila do Nascimento, não quis antecipar informações haja vista que não houve tempo para serem analisados os documentos recebidos. Entretanto, uma fonte me antecipou que haveria R$300 mil reais, dos R$700 mil desviados, de posse do ex-secretário, na forma de quitação de compra de imóvel, além do próprio carro.

Mais informações AQUI.

Nenhum comentário:

Postar um comentário