quarta-feira, 1 de janeiro de 2014

ANDOU COM DEUS

Vamos aos textos e depois eu comento:

Palavras de Jesus: "Sede vós pois perfeitos, como é perfeito o vosso Pai que está nos céus." (Mateus 5:48)

"Sendo, pois, Abrão da idade de noventa e nove anos, apareceu o SENHOR a Abrão, e disse-lhe: Eu sou o Deus Todo-Poderoso, anda em minha presença e sê perfeito." (Gênesis 17:1)

São dois textos, dentre vários, que colocam ao cristão a ordem, isso mesmo, uma ordem, para ser perfeito. Ora, os estudiosos colocam esse 'perfeito' como não sendo no sendo da inexistência de erro, mas de ter um coração devotado a Deus, entregue, submisso e coisas do gênero. Contudo, a referência é o próprio Deus: "como é perfeito o vosso Pai que está nos céus". E agora? Deus é submisso a quem mesmo?

Para entender o que seria esse perfeito seria necessário saber como Ele é perfeito. Muito bem, supomos que Deus baste-se a si mesmo, não depende de outrem, não tenha necessidades e sabe agir em qualquer circunstância. Fiquemos por aqui, pois os humanos jamais serão perfeitos.

Porém, tem algo nisso que escapa aos senhores detentores a iluminação divina quando a Bíblia está no centro da discussão. Sim, ouso dizer que a bestialidade toma conta e digo o porquê. No texto de Gênesis, essa tal Deus falava a Abraão. Ora, esse senhor, que teria dado início aos povos hebreu e árabe, não dispunha de qualquer texto divino, nem mesmo os Dez Mandamentos. Da mesma forma que Enoque, sobre o qual a Bíblia diz que "foi trasladado para não ver a morte, e não foi achado, porque Deus o trasladara; visto como antes da sua trasladação alcançou testemunho de que agradara a Deus". (Hebreus 11.5)

Nesse exemplo em especial, de quem ''andou com Deus" (Gênesis 5:24), traz o mesmo fato de que não dispunha de livro sagrado algum. Em sendo assim há dúvidas da relativização da necessidade de Deus falar por um livro? Alguma dúvida que a Bíblia está atestando que podemos descartá-la?

Resta saber o que esse senhor fez para chegar a tal condição de santidade que nem pela morte passou? Interessante que esse livro não diz qual a receita que ele usou. É como se dissesse: "Você pode agradar tanto a Deus que Ele não vai fazer experimentares a morte. Só que isso é segredo".

E a vida segue...

Nenhum comentário:

Postar um comentário