Guinzani banner

Guinzani
  • Recentes

    PSDB, O TEMPO TÁ PASSANDO...

    Adelor Lessa publicou hoje em sua coluna: "(...) O deputado Dóia Guglielmi, com respaldo de dirigentes locais e estaduais do partido, anunciou que o PSDB vai indicar outro candidato a prefeito se Clésio ficar inelegível por causa da Lei da Ficha Limpa. Não apoiará Márcio Búrigo. O PP reagiu. Anunciou que o acordo só seria mantido com Márcio Búrigo na cabeça de chapa. Foi quando Clésio chamou o PP e pediu que não se falasse mais no assunto porque só o enfraqueceria. Deu a entender que está fechadíssimo com Márcio e o PP. O PP acreditou, atendeu o pedido, mas "se deu" um prazo. Julgamento do TRE. Não está disposto a esperar todos os recursos, correr o risco de ganhar a eleição "sub judice" e ser cassado depois, o que faria "zerar o jogo". Colocando em risco o que hoje parece seguro, ou muito bem encaminhado!"

    Faz meses que venho falando em ''Plano B'' e tenho sido contrariado efusivamente pelos defensores de Clésio Salvaro no Facebook. Além disso, registrei faz meses que havia muita resistência dentro do PSDB de Criciúma em abrir mão de cabeça de chapa em favor de Márcio Búrigo (PP). Inclusive citei Márcio Zacaron como um dos nomes.

    O fato é que a cassação da candidatura de Salvaro é coisa muito provável (eu disse provável) por todas as manifestações do próprio Supremo, ao contrário da arrogância escandalosa dos amigos do prefeito arrotando vitória mesmo diante da queda acentuada nas pesquisas (de 78% para 60%). O fato é que, antes de me criticarem, como se eu escreve de forma inconsequente, deveriam observar o quadro. Longe de bola de cristal o que faz diferença é ter a humildade da reflexão.

    Do ponto de vista de campanha poucas coisas são tão prejudiciais quanto essa indefinição. Se o PSDB de Criciúma vislumbra continuar no poder só há uma coisa a fazer: Clésio sair do pleito. Assim estará nas ruas pedindo voto para seu apadrinhado com tempo para todas as formas de divulgação.

    Enquanto isso, de fritada para candidata com todo o apoio, Romanna segue pedindo voto.

    Nenhum comentário

    Post Top Ad

    Post Bottom Ad