quinta-feira, 5 de dezembro de 2013

ROMANNA REMOR SOLTA O VERBO

Postagem de Romanna Remor em seu perfil no Facebook:

"Incrível como os mal-feitos na atual administração nos compelem a procurar algum tipo de "Tribuna" para manifestar indignação, direcionar inúúúúmeras e crescentes dúvidas e questionamentos, e PROTESTAR.

Lembro-me do primeiro ano do mandato passado. Me sentia exatamente assim diante dos desmandos, barbeiragens (para ser gentil!) administrativas e desvios éticos/morais. Era o que me "convocava" para a Tribuna da Câmara, levando-me a pegar sempre o caminho mais solitário, incômodo e desgastante: o de divergir e questionar. Tanto se repetia que afundei o caminho... E, no fundo, sabia que esse caminho da fiscalização e do questionamento poderia me "afundar" junto (eleitoralmente falando, pois questionar uma administração popular é sempre desgastante - Vale ressaltar que de forma consciente o fiz e faria novamente, pois não quero minha vida construída com atalhos!).

Os mal-feitos se repetem e novamente somos convocados. Agora não tenho mais aquelaTribuna, mas tenho a mesma de todo criciumense que ainda se importa e sente indignação. Cá estou, portanto, atendendo o mesmo chamado de outrora.

Baixar valor do leilão do nosso patrimônio? É tudo que alguma construtora insaciável deve estar aguardando... Apostam? Que foi isso, prefeito? Como ficará o orçamento da reformas das escolas, conforme prometido? Ou não houve orçamento e nem planejamento verdadeiro e detalhado do uso dos esperados 10 milhões? Porque se era tudo conversa mole para enrolar os vereadores e a sociedade, "dourando a pílula", então tudo conforme o planejado. Mas se era para valer, então a sociedade precisa saber o que terá que ser cortado das reformas, com orçamento correspondente à redução. E se manifestar. Cada comunidade escolar.

Quanto ao aumento do IPTU e às novas incursões da Polícia na Prefeitura, deixarei para a próxima vinda à esta Tribuna".

Com a palavra, o prefeito de hoje que era o vice de ontem e que, segundo o próprio Clésio e a sua propaganda eleitoral, "metia" as mãos, no melhor estilo "Márcio e eu, em tudo que acontecia... Ou não era beeemmmm assim? E o que mais que não era beeemmmmmm assim como mostravam na propaganda? Triste."

Nenhum comentário:

Postar um comentário