Guinzani banner

Guinzani
  • Recentes

    A MORTE RONDA... E AMARRA

    INFORMATIVO IGP / IML
    27.07.2012 - DIA DO MOTOCICLISTA

    ÓBITOS no TRÂNSITO:
    1º Semestre 2012 - 51 mortes
    Atropelamento - 11
    Colisão - 13
    Moto - 21
    Capotagem - 2
    Ciclista - 4

    LESÕES CORPORAIS no TRÂNSITO
    1º Semestre 2012 - 229 LESÕES
    Atropelamento - 29
    Colisão - 31
    Moto - 146
    Capotagem - 14
    Ciclista - 9

    Em 2011 (no mesmo período) 49 mortes no trânsito (19 por motocicleta)
    Em 2010 (no mesmo período) 46 mortes no trânsito (sendo 18 por motocicleta)

    27 de Julho - DIA DO MOTOCICLISTA

    Os motociclistas defendem suas eternas companheiras em qualquer situação. Para a maioria, a moto é símbolo de liberdade e aventura, além de mais prática e de fácil utilização.

    No Brasil, é cada vez maior o número de pessoas que preferem a motocicleta ao veículo motorizado de quatro rodas. Também cresce o número de pessoas que utilizam as motocicletas como instrumento de trabalho: são os "motoboys" ou "mototaxistas", motociclistas entregadores e outros.

    Seja qual for a finalidade do uso das motocicletas, lazer ou trabalho, os condutores têm regras a seguir. O cumprimento dessas regras pode ajudar a reverter o alto índice de acidentes no país envolvendo motociclistas.

    Algumas regras e cuidados para os Motociclistas:
    • Ser habilitado na categoria AB.
    • Usar sempre capacete de segurança.
    • Não "costurar" o trânsito entre veículos em movimento.
    • Praticar a direção defensiva. Manter-se afastado dos outros carros e pilotar prevendo as ações dos outros.
    • Não transportar crianças menores de sete anos ou que não tenham condições de cuidar da própria segurança.
    • Mesmo durante o dia, circular de farol aceso.
    • Vestir-se com roupas claras ou usar faixas refletivas nas costas, frente e braços da jaqueta.
    • Ter muita atenção em manchas de óleo, poças d'água, buracos, etc...
    • Ter cuidado com os cruzamentos: sempre parar e olhar antes de passar. Ocupar adequadamente seu espaço nas ruas e nunca dividir a mesma faixa com outros veículos.
    • Saber usar os freios com habilidade ou seja, sempre os dois ao mesmo tempo, usando os quatro dedos na hora da frear. É bom lembrar que além de ajudar a parar, o freio traseiro mantém o equilíbrio da moto.

    Nenhum comentário

    Post Top Ad

    Post Bottom Ad